De regresso

Não sei precisar há quantos anos não fazia praia sem preocupações com o Sol. Há seguramente uns 5, pelo menos. Também não sei quando tinha sido a última vez que tinha adormecido na praia, mas sei que quando voltei a adormecer e a acordar ao som do vendedor das bolas de Berlim, que soube: tinha saudades!



É difícil descrever tudo o que amo em Cabanas, porque são muitas coisas, muitos anos de recordações. Mas o caminho a pé para a praia, rápido e desafogado, com o cheiro das ervas secas nas dunas, é das minhas coisas favoritas.