Ver filmes até cair para o lado

A ideia já tinha 3 anos e meio (ver aqui) e foi ontem concretizada por todos, menos pelo Caleb, que dormiu na cama dele. Vimos um filme, e nenhum dos miúdos adormeceu durante a exibição, mesmo tendo as luzes todas apagadas (o pai achava que a nossa sala tinha de parecer um cinema). Adormecemos depois, os miúdos muito excitados com o plano. Eu e as meninas dormimos no sofá, e os rapazes nos colchões no chão.

Resta-me dizer que admiro imenso (ou não) a loucura de quem faz cosleeping regularmente, com os filhos. Fui pontapeada mais do que uma vez, levei uma cabeçada, e acordei com uma cabeça em cima da minha barriga. Pelo meio, o Caleb continuou com a febre que tinha desde quarta-feira, o que acabou por nos levar ao Hospital pela manhã, deixando-nos mais descansados que é continuar o tratamento que já estávamos a fazer, e esperar que passe a gripe.

Por aqui, não nos podemos queixar de monotonia. Mais logo à noite, recordaremos o nascimento de Jesus e trocaremos as prendas com a nossa família.

Bom Natal a todos!