Advento, dia 16

Fui mãe de 4 filhos em 6 anos. Podem – tentar – imaginar o ruído da minha casa, ao longo destes últimos 14 anos. Apesar de ter crescido numa família numerosa, o ruído é algo que interfere muito no meu sistema nervoso, especialmente nas alturas de maior cansaço. Não foi só no passado, ainda hoje acontece, nas alturas de maior agitação, cair em pensamentos de desesperança. Que mãe, no final do dia, com todos na cama – ainda que por pouco tempo – não deu consigo a pensar: Finalmente paz!

Infelizmente, ter paz interior não se resume a silêncio ou a um ambiente mais tranquilo. Essa é uma versão de paz que eu posso controlar e alcançar no imediato, mas muito breve e exterior. É muito fácil achar que ter comportamentos controlados, casa arrumada, tudo tratado traz paz a esta vida. Mas não traz.

Felizmente, tenho a Palavra de Deus para me ajudar neste assunto. Em Tiago lemos:

“Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz (3:18)”.

Esta ideia é tão bonita: semear a paz! Quanto mais leio acerca da paz, vejo que é algo que não sou eu que faço, é algo que Cristo semeia e dá.

Hoje, em tempos que tudo se faz a ritmos alucinantes e que há tanto para fazer, em que desespero para alcançar breves momentos de tranquilidade, preciso correr para Cristo e lembrar-me das suas palavras: ” A minha paz vos dou”.

A sua paz me dá. A paz que só Ele pode dar.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.