O Ensino doméstico em Portugal não é para mariquinhas

Estamos em época de exames. E por exames, entenda-se, muitas provas de equivalência à frequência. Para os alunos em Ensino doméstico, isso significa prestar provas escritas, práticas e orais de todas as disciplinas correspondentes a cada ciclo de ensino. Portanto, temos a Marta a efectuar 10 provas escritas, 2 orais e uma prática ; a Maria, por sua vez, tem 12 provas escritas e 3 orais. É um tudo ou nada, já que cada uma vale 100% da nota final.

Ainda não chegámos a meio e estamos longe de as notas saírem. Neste campeonato, é a terceira vez da Maria e a segunda da Marta. Por esta altura sei que há uma avaliação que já lhes podemos fazer: a da resistência.

Quando saímos todas as manhãs de casa, depois de orar, caminhamos cerca de 10 minutos em direcção ao nosso local de exames. Elas pegam no material correspondente, entram na sala prontas para começar, determinadas. Vejo nelas uma confiança que vem de Deus, e agradeço. Ele tem sido bom na vida das minhas filhas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.