Razões porque era urgente voltar

O Benjamim, da nossa família da Lapa, nasceu na nossa ausência. Não por acaso, do lado de lá do Oceano e na nossa Igreja temporária, nascia também uma bebé. Tinha saudades de estrafegar bebés à moda portuguesa, já que nos meses que estive fora tinha de ser comedida nas minhas exteriorizações de afectos. Se eu agradeci ter estado numa realidade em que os beijinhos não são obrigatórios como forma de cumprimento, já ter de me conter em beijinhos repenicados de amor nos bebés que pegava, foi difícil. Estou de volta, yes!