A fidelidade de Deus

Já contei a história de como fomos parar à nossa primeira casa nos Estados Unidos (podem clicar aqui). O que não contei foi como esta chegada a esta casa foi um regalo para os meus olhos. Apesar de desabitada, a casa tinha tudo o que era necessário para viver, sendo que esse necessário era datado de tempos idos, em que um jovem ficou sozinho a criar dois filhos. Caso não saibam, eu sou uma apaixonada por coisas antigas e pelas suas histórias, e esta história viria a falar-me alto no coração.

Nesse tempo de adaptação ao extremo calor e humidade, em que as únicas pessoas que conhecíamos eram a nossa família – que vivia a uma hora de caminho deste sítio, onde os dias eram feitos de muitas horas e pouco para fazer, encontrar uma Nintendo com o Super Mario a funcionar, a biografia do Bonhoeffer, jogos, e um passado presente em cada parede, cada utensílio, fizeram-me encontrar um conforto e um colo amoroso de Deus através de cada pormenor.

A cada detalhe visível pelas paredes, tentava imaginar como seria um homem ali há 30 anos, sozinho com os filhos. A cada fotografia, via como Deus é presente em todos os lugares, de como ele cuidou, cuida e cuidará, e à medida que ia conhecendo melhor outras vidas presentes em registos e conversas, sentia-me inundada de uma confiança na mão providencial de Deus, que sustenta tudo como entende.

Com o passar dos dias, o meu coração era preparado para se demorar em usufruir da presença do Pai do céu, sobretudo quando as presenças a que eu estava habituada (amigos, redes sociais, comércio, a vida do dia-a-dia tal como a conhecia em Portugal) não existiam. Foi um tempo muito especial, em que Deus me falou através da sua Palavra e também debaixo destas circunstâncias.

Desse sítio partimos para a cabana sem nada, onde vivemos em modo improviso e campismo durante mais 3 meses, e onde Deus se mostrou bem presente sempre. Mas isso fica para outro dia.

Hey, Mr Lars, i know you are out there google translating all of this. Thank you so much for your hospitality, care and friendship. We love you very much, God bless you.