Proximidade por afinidade com o céu.

“Cada um dos meus amigos tem qualquer coisa que só outro amigo consegue fazer sobressair completamente. Eu sozinho não sou suficiente para revelar um homem por inteiro; são necessárias outras luzes que, com a minha, iluminem todas as suas facetas.

(…) Neste aspecto, a amizade exibe uma gloriosa “proximidade por afinidade” com o céu, no qual quantas mais almas abençoadas houver, mais cada uma disfruta de Deus. Cada alma O vê à sua maneira e sem dúvida comunica essa visão exclusiva às restantes.”

C. S. Lewis