Reuniões de mulheres

Eu sei que só o conceito de “reuniões para mulheres” numa igreja é um conceito estranho (embora o instagram esteja feito de coisas exclusivas para mulheres, ou seja aceitável que as mulheres façam viagens ou saídas só delas), e que dizer que estas reuniões acontecem a um dia de semana pela manhã, gera todo o tipo de espanto. Mas sabem, foi também para isto que se lutaram pelos direitos femininos: para se ter liberdade e se poder escolher, não foi para que todas as mulheres tivessem um caminho igual. Quem lutou para que as mulheres fossem tratadas com igualdade, lutou para que não lhes fossem vedadas opções de escolha, não para serem forçadas a escolher todas o caminho oposto. Neste grupo semanal contam-se mulheres freelancer, mulheres por conta de outrem que saem a correr para o seu trabalho, mulheres que trabalham por turnos e que fazem uma das folgas coincidir à quarta, mulheres estudantes, mulheres reformadas e mulheres que estão em casa com os filhos. Graças a Deus por todas elas e por este “milagre” a um dia de semana: estudar e orar a Palavra de Deus.

(faltam aqui cerca de 10 mulheres, que agora se reúnem na Margem Sul!)