Alegria

Ó CRISTO,

Todos os teus caminhos de misericórdia tendem e terminam em meu deleite.
Tu choraste, entristeceste-te, sofreste para que eu pudesse me alegrar.
Para minha alegria tu enviaste o Consolador,
que multiplicou as tuas promessas,
me mostrou a minha felicidade futura,
me deu uma fonte viva.
Tu estás a preparar alegria para mim e a preparar-me para a alegria;
Oro por alegria, espero por alegria, desejo alegria;
dá-me mais do que eu posso segurar, desejar ou pensar.
Mede os meus tempos e graus de alegria,
no meu trabalho, negócios, deveres.
Se eu chorar à noite, dá-me alegria pela manhã.
Deixa-me descansar no pensamento do teu amor,
no perdão pelo pecado, no meu título para o céu,
no meu futuro estado sem manchas.
Eu sou um recipiente indigno da tua graça.
Costumo desmerecer o teu sangue e desprezo o teu amor,
mas posso em arrependimento tirar água das fontes do teu perdão alegre.
Que o meu coração salte em direcção ao descanso (sabbath) eterno,
onde a obra de redenção, santificação,
preservação, glorificação está terminada
e aperfeiçoada para sempre,
onde tu te regozijarás por mim com alegria.
Não há alegria como a alegria do céu,
pois lá não há divisões tristes,
discussões não cristãs,
contendas, projectos malignos,
cansaço, fome, frio,
tristeza, pecado, sofrimento,
perseguições, labutas de dever.
Ó lugar saudável onde ninguém está doente!
Ó terra feliz onde todos são reis!
Ó santa assembleia onde todos são sacerdotes!
Quão livre é este lugar onde ninguém é servo excepto para ti!
Leva-me rapidamente para a terra da alegria.

“Valley of vision”, tradução livre por mim.