Marantha leuconera

A minha planta de oração (a maior destas fotos) continua a crescer. A cada três semanas, nasce uma folha nova. Diariamente, cumpre a sua missão: baixa as folhas durante o dia (primeira foto) e ergue-as ao anoitecer (segunda foto) . Sempre a lembrar o dever de gratidão diário, que deve reger a nossa atitude de coração.