Encontros de leitura

[Fotos de Sara Falcoeiras, 30 de Junho de 2021]


Temos cerca de 40 mulheres a fazer a leitura do livro e em dois encontros (um presencial e um por zoom).

Abordámos o primeiro capítulo, conclusões:

1. Nenhuma das mulheres alguma vez ouviu uma pregação em Ester.

2. Por conta de vivermos numa sociedade com “liberdade”, a ideia do exílio e de vivermos em exílio não está assim tão presente a não ser quando surgem questões mais da agenda do dia. O conformismo e o relativismo em que estamos instalados pode ser maior do que imaginamos.

3. A parte da história de Ester que a maioria sabe é a final, portanto nesta introdução todas ficaram muito curiosas sobre o que se irá descortinar e desmontar sobre esta mulher.