No final de 2011…

Publiquei esta fotografia com a seguinte legenda, nas redes sociais:

“No final de 2011…”, assim começaria esta legenda, se coubesse tudo em 1800 caracteres. Mas não cabe.

Aqui no blogue, cabe tudo o que eu quiser. Mas não sei se me sinto capaz, numa hora de despedida, fazer jus a uma década de proximidade, de crescimento, de lutas e de alegria. Sabem, é a eterna história de ser igreja: ficamos família e vivemos tudo juntos, no bom e no mau. Um dia conto, ou como comentava a Adelaide, escrevemos um livro.